quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Infinito

Atomicidade que passa em flashes nos glóbulos
que perpassam fluente o material e o etéreo
Substância
O incompleto se perde na viagem que pede solitude
de um ser em plena sondagem de partes
Unidade
O centro sem cessar de movimentar/repousar
evolui o que atrai e busca o que lhe atrai
Essência
O caos ao redor deixa de coisificar dor
para ser a música interior que lá fora soa superfície
Harmonia
Divisas de linhas interligadas nas vozes
de inconsciente consciência desmontando aos montes
Nós
Dois lados são a mesma moeda do valor da união
que tem sem importar com o que não possui
Sentido
Deus desmancha a aparência da criação
a criação cria a ação da dimensão do que tudo é

Um comentário: