quinta-feira, 6 de julho de 2017

7 de setembro - Faltam 23 dias para o fim do mês


Nesta miséria de feriado que nada se tem a comemorar, isto é, uma história deplorável de troca de sujeição submissa do povo brasileiro a um imperador português para outro imperador português, declarei a independência do amor que sinto.

"Te amo, Amor. Te disse isso também no Whats. E, agora, não preciso mais de meras palavras apenas, repetidas por escrito em resposta a uma declaração em pleno feriado. Te amo sem recíprocas. Te amo sem necessidade. Sem tudo e com nada. Sem nada e com tudo. É triste e alegre. É a vida."

Morri sem saber que a guerra, desde o início, estava perdida para o meu lado. Isto é “O Fim”. E, no fim, sempre luto. Nós sempre lutamos. Só para o coração não ficar anêmico e pálido mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário